Mensagem da “Lorrayne”

Publicado: 10 de julho de 2018 em Sem categoria
Essa moça Lorrayne deixou essa inteligente réplica ao meus texto “Por que prefiro as brancas”.  Já faz um ou dois meses, mas vou deixar aqui. Confesso que ainda não li. Brasileiros me dão preguiça…
A pele negra me remete sujeira, podridão, mazelas, inferioridade racial… Uma mulher negra me lembra rameiras imundas nos becos entulhados e abandonados das favelas, usando suas bocas sujas para satisfazer um homem (marginal) com uma bermuda frouxa em seus quadris demasiados estreitos, um boné falsificado e chinelos nos pés mal cuidados.
Sabe o que também é preto? Fezes, trevas e maldade, é tudo o que me faz pensar quando olho uma mulher negra com seus corpos vulgares, os quadris muito grandes e desproporcionais, as coxas obscenamente grossas, que seriam até atraentes, se já não estivesse castigadas por celulites e estrias como um tronco de árvore apodrecido. Seus braços fortes e masculinizados, as faces grosseiras de ângulos deselegantes e os seus cabelos duros e sujos como o mato de um pântano grotesco.
Uma mulher negra me faz pensar exatamente nisso… Em um cavalo, um animal, um produto de fetiche para satisfazer homens que desejam mulheres com aspecto de outros homens.
Eu gostaria de dizer que eu gosto de negras… Mas fazer sexo com uma negra ou expressar qualquer nível de envolvimento amoroso com essa raça é como me deitar e amar sexualmente e amorosamente um macaco ou um cavalo, eu poderia tentar humanizá-las claro…O mais perto que uma negra está com uma comparação com um humano é ser se a compararmos com uma prostituta. O que seria muito apropriado se considerarmos a porcentagem de mulheres negras no ramo da prostituição ou servindo como vadias particulares de bandidos.
Cavalo, macaco, animal e prostituta… Como amar uma mulher negra se eu gosto de beleza, elegância, vida e pureza?
***
Inverti propositadamente o seu posicionamento racista no texto. Agora eu lhe questiono… Onde termina a opinião e inicia o discurso de ódio em seu texto e o meu?
9
comentários
  1. Mel disse:

    O que honestamente não entendi e nunca entenderei é porquê que alguém amar brancas é diametralmente oposto a odiar e/ou desprezar negras ?!
    Realmente é para ter preguiça de ler. A falácia do espantalho rolou solta nessa suposta “inversão” do texto original.

    Enfim. Mas isso são coisas que nem deveriam ser da minha conta a estas alturas do campeonato.

    Curtir

  2. Luane disse:

    Na moral, é pra ter preguiça mesmo, rsrs.
    Essa réplica dela parece coisa de branco brasileiro que nao sabe o que é racismo.
    Ou acredita piamente que ele é vítima de racismo.
    É, Keli, nao é de se estranhar o fato de você ter preguiça de brasileiros.

    Curtir

Obrigada pelo seu feedback, ele que faz o blog seguir. :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s